Tema para Treino I- Sedentarismo


TEXTO I

O sedentarismo é definido como a falta ou a grande diminuição da atividade física. Na realidade, o conceito não é associado necessariamente à falta de uma atividade esportiva. O sedentário é o indivíduo que gasta poucas calorias por semana com atividades ocupacionais; o gasto calórico semanal define se o indivíduo é sedentário ou ativo. Para deixar de fazer parte do grupo dos sedentários o indivíduo precisa gastar no mínimo 2.200 calorias por semana em atividades físicas.

Disponível em: http://www.sc.senac.br/arquivos/brusque/portal_saude_arquivos/Page407.htm Acesso em 11 fevereiro 2017



TEXTO II

Na época de escola estudávamos sobre a melancolia como o mal do século. O mundo mudou, a tecnologia avançou muito. Essa semana li uma frase interessante de uma propaganda de uma grande consultoria "Seu mais novo concorrente ainda nem existia esta manhã" uma alusão às novas tecnologias, videogames e smartphones de última geração, o que nos fazem ficar cada vez mais sedentários! Portanto meu tema de hoje é sobre o novo mal do século: o sedentarismo.

O vilão do século está presente em mais de 60% da população mundial, o Diabetes presente em 10%, hipertensão 28% e tabagismo 22%, segundo dados da OMS (Organização Mundial de Saúde). Logo conclui-se que o estilo de vida sedentário é o maior fator de risco do planeta.

Como endocrinologista trato, todos os dias na nossa cidade, obesos, pessoas com sobrepeso, diabéticos, deficientes hormonais e portadores de câncer de tireoide, e me convenço que sem o combate efetivo ao sedentarismo não tratamos a causa maior desses males.

Disponível em: http://www.edgarlisboa.com.br/colunistas/sedentari... Acesso em 11 fevereiro 2017


TEXTO III

TEXTO IV


De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 5 milhões de mortes por ano poderiam ser evitadas se a população global fosse mais ativa. As estatísticas da organização mostram que um em cada quatro adultos e quatro em cada cinco adolescentes no mundo não praticam atividade física suficiente. Mulheres e meninas costumam fazer ainda menos exercícios do que os homens.

No momento em que muitas pessoas reduziram a prática devido à pandemia da Covid-19, a OMS lançou um guia com diretrizes sobre atividade física e comportamento sedentário. Pessoas de todas as idades e habilidades podem ser fisicamente ativas, informa o documento.

A organização destaca que a prática de exercícios é fundamental para prevenir e ajudar a controlar doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e câncer. Outros benefícios mencionados são a redução dos sintomas de depressão, de ansiedade e do declínio cognitivo, o aprimoramento da memória e o estímulo à saúde do cérebro.

“Ser fisicamente ativo é fundamental para a saúde e o bem-estar — pode ajudar a adicionar anos à vida e vida aos anos”, afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, que completou: “Cada movimento conta, especialmente agora que administramos as restrições da pandemia da Covid-19. Devemos todos nos mover todos os dias, com segurança e criatividade”

"Se não nos mantivermos ativos, temos o risco de criar uma nova pandemia de problemas de saúde como resultado do comportamento sedentário", alertou Ruediger Krech, diretor de Promoção da Saúde da OMS.


PROPOSTA DE REDAÇÃO


A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema " Combate ao sedentarismo: um desafio à sociedade contemporânea", apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.





gif

Sedentarismo não é doença, mas um comportamento.

O tema não se limita ao Brasil.


Setentarismo não é sinônimo de ociosidade








17 views0 comments

Recent Posts

See All